segunda-feira, 5 de junho de 2017

Quando eu vejo o mundo

Desafios são desafios.
Mas mais do que um desafio, mais do que um treino para a grande viagem que é já na próxima semana, essa sim O Desafio, mais do que um teste a mim própria, à resiliência, à capacidade de sair da zona de conforto, à aptidão para ultrapassar dificuldades, ao poder da mente que no fundo comanda o nosso corpo nisto tudo, mais do que um teste à capacidade física, estou a falar, claro, de um desafio de bicicleta pelo mato que envolve muitos quilómetros, muita dificuldade técnica e física, muitas subidas e descidas assustadoras...
Mais do que chegar a casa suja e a cheirar a cavalo, moída até aos olhos, as pernas e os braços arranhados das silvas e dos arbustos, o joelho negro de uma pequena queda a descer a alta velocidade, eu vi o mundo, eu alimentei a minha paixão...









12 comentários:

  1. Há quem diga que, quem corre por gosto não cansa....mas é preciso muita resistência!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas cansa Isa, só que isso é o que menos importa :))

      Eliminar
  2. Eu daqui tb vejo o mundo. Mas quero apalpá-lo, comê-lo e tê-lo entre os dedos
    Não me conte do só com o "ver o mundo"
    Kis:=}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu fartei-me de o apalpar AvoGi, aliás, ele é que me apalpou a mim, tanto que me deixou os braços e as pernas todos arranhados :)))
      Bjs

      Eliminar
  3. Cada um vê o mundo consoante a sua paixão.
    E a felicidade que trazemos no peito, tem a ver com aquilo que nos põe o coração a bater e os olhos a brilhar. Está visto que a si, são os passeios de bike que lhe fazem isso. Então continue.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero não ter de parar nunca Elvira, isto dá anos de vida.
      Abraço

      Eliminar
  4. Boa sorte para o próximo desafio, GM. Este pareceu-me uma prova a toda a prova.
    E que belo ar para encher os pulmões. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Encher os pulmões e arejar a alma Teresa, há lá coisa mais boa?
      Beijinho

      Eliminar
  5. Ó GM tu podes cheirar é a egua ahahahahah gosto de te a pedalar, mas eu prefiro o sofá lol
    Jinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Mena, olha que o sofá faz criar raizes, não lhe dês confiança :)))

      Eliminar
  6. O teu mundo é lindo e cheira a terra e a verde - é espaçoso e sabe a liberdade

    Beijinho Gajinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito verde, muito ar para arejar os pirolitos Non :))

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: